segunda-feira, 11 de maio de 2009

desassossego

Não sei que desassossego é este que me consome que me rói a alma como um buraco que aparece feito do nada. E o nada é tristeza amargura, são sonhos desfeitos, como uma cama por fazer porque dela já não vem nenhum prazer. São olhos que olham o sol e não o vêm brilhar, são mãos que plantam as flores e não as vêm crescer, (nem sequer há vontade de as cheirar!) Até o cheiro é diferente! cheira a mofo, como casa fechada sem morador para voltar. é como um coração que trocou o vermelho pelo branco asséptico de um hospital... (e eu que não tenho máscara para por lá andar...) Onde estão os meus anjos, os meus duendes, os meus ratinhos dos dentes, as minhas fadas das flores as minhas estrelas brilhantes, os meus querubins? Se os virem, dêem-lhes um beijinho por mim! Eu estou a hibernar! (na primavera)

13 comentários:

Lina Querubim disse...

A paz que eu quero pra ti ...

A paz que eu quero pra ti é aquela com a qual tu sonhas: um mundo perfeito, em que todas as pessoas são honestas e sinceras... onde as coisas sempre dão certo.
O mundo perfeito eu posso sentir ao fechar os olhos. Imagino um clima agradável, onde é quente para quem gosta de calor, e é frio para quem gosta de ter alguém pertinho para esquentar. Imagino um chão macio, que toma a textura que quisermos, desde que tenhamos a capacidade de nos mantermos de pé. Imagino pessoas que se amam, que se prezam e cuidam umas das outras, sem diferenças, sem necessidade de sentirem melhores que qualquer outro. Imagino um ambiente perfeito!
Depois disso tudo, minha mente voa para buscar estratégias de te deixar viver um mundo assim. Num segundo plano, busco meios de estar junto de ti para viver cada segundo do mundo perfeito que tu me fizeste acreditar que existe.
Esse mundo eu descobri em mim, ao buscá-lo no infinito. De repente, achei na minha mente e no meu coração desejos e sentimentos que podem ser o grão de areia para o mundo de paz que eu quero pra ti.



Beijinhos e dorme bem ;)

Ovinho Estrela(do) disse...

Não.

Se eu os vir, exijo-lhes uma presença urgente no lar da tua alma!

Beijo!

Pó de Estrela disse...

Lina

é esse mundo todo, cheio de beleza, de tranquilidade, de amor na sua forma mais pura, de delícias mornas, de almas que se tocam, de corações que flamejam e adormecem suados de tanto dar, que eu procuro encontrar e guardar com carinho, para o partilhar com todos os que me são queridos e com aqueles que eu ainda não sei que o vão ser...
de no caminho os meus pés encontram um bocadinho de relva, que trepa por mim acima e envolve de frescura terna, eu procuro conservar a sua essência, na minha alma!
Mas, há sempre um "mas" nas nossas vidas. Às vezes conseguimos ignora-lo, outras vezes é ele que se agarra a nós com os seus tentáculos duros,peganhentos, atrofiadores...
é um "mas" desses que agora transporto comigo, e andamos os dois solitários, abandonando o mundo e corroendo-nos a nós mesmos.Mesmo assim, estou à espreita, para ver se aparece um "mas" mais simpático que ponha o outro com dono e me permita voltar a sonhar.

Que o dia te sorria com todo o calor que tu mereces.


XIXÃO (como diz a nossa PIN)

Pó de Estrela disse...

Ovinho

Mesmo depois da banhoca forçada do teu olhinho verde, ainda tens tempo para ler as minhas maluquices!

Agradeço a tua oferta. V~e lá se encontras os meus sonhos e os mandas de volta! estou ansiosa por os abraçar de novo.
Diz-lhes que eu não me zango com eles por terem fugido :)

XIXÃO para ti também.
Cuida bem do olhinho verde! ele também já é um pózinho meu..

Lina Querubim disse...

Quica boa noite
tem uma noite tranquila :) acalma o teu coração.
O que tiver que ser teu, será!
Beijokasss e espero que já estejas no 14º sono!

Tite disse...

Amiga,

Quem pode ter tal desassossego quando se é dona do tal pó da Estrela mágica que tudo consegue e todo o lado chega?
Basta lançares o tal pó que os teus querubins aparecem.

Espero que não me desiludas. Acredito em ti Fada Madrinha.

Beijos

Pó de Estrela disse...

Que bom ter assim uma Fada Madrinha!

Mas a coisa está complicada desta vez! acho que as minhas fungadelas andam a molhar o meu pózinho e ele depois fica sem graça e perde a magia!

Mas eu hoje abri a gaveta das coisas boas e penso que depois de uma viagenzita à minha Estrela(a serra),vou regressar com as minhas raízes fortalecidas e como a minha estrela está toda florida nesta altura, acho que vou recolher algum pó!...

Beijão Fada Madrinha. Se encontrar lá as fadas Rosmaninho e Urze, eu dou-lhes um beijinho teu!

KrystalDiVerso disse...

Está tudo em si!... Admiravelmente, até os milagres!...
Um pássaro que voa, um peixe que nada, uma cama vazia, uma alma aconchegada, a vaidade que não deve ser esquecida, o orgulho de uma vida conquistada... o Amor que se extinguiu numa fogueira apagada!... A fogueira que se reacende, un fósforo gasto de novo queimado ardendo até ao fim de um Amor renovado!... Fósforo sempre ardendo até ao fim, sem fim premeditado, nem qualquer fim desejado!...
Há sorrisos que brilham no brilho de quem os quer ver, há sorrisos ansiosos, derrotados e gloriosos, há sorrisos prontos para os merecer!... Há sorrisos merecidos, tímidos e escondidos, há espera de serem encontrados por outros sorrisos magoados!... Há sorrisos nossos que não devem ser esquecidos!

Escolha entre... beijos e abraços

O Profeta disse...

Um Violoncelo reage ao toque
Vibram as cordas, solta-se a melodia
Das mãos escultoras das notas
Saem afagos de sonora magia

Uma alma reage aos acordes
Um coração bate ao compasso
Uma voz entoa dolentemente
Um corpo deseja o abraço



Um feliz fim de semana


Doce beijo

Pó de Estrela disse...

Obrigada amigos pelo apoio.
Não há dúvida que a vida é feita de encantos e desencantos.

Vocês são o meu encanto!

Bem hajam.

Beijinhos. Quica

Ovinho Estrela(do) disse...

Vim deixar uns "perlimpimpins" que encontrei para ali perdidos... Penso serem seus... "Diz" que um duende os vinha deixar aqui, mas como eu me tinha comprometido a ajudá-la, fiz questão de não maçar o duende! E vim pessoalmente!

Dias mágicos e bons para si :)

Pó de Estrela disse...

obrigada ovinho.

Vou mesmo tentar aproveitar...
Acho que vou encontrar a fada da neve, brrrrr...pode ser que ela me refresque as ideias.
Depois de ler um bom livro em frente a uma lareira bem quantinha, com as botas quase a derreterem no borralho... e com a vista e o coração espraiados pela minha "Estrela"...fico boa de certeza

beijinhos. ;)

pin gente disse...

deixo um abraço apertado.