domingo, 12 de dezembro de 2010

Natal pelo Mundo

Cor, alegria, esperança, amor, presentes e música criam o clima festivo deste evento universal e cada país segue uma tradição, respeitando na linha evolutiva do tempo as lendas e os costumes dos antepassados.
Japão
O Natal no Japão é cheio de significados e a troca de presentes é fortemente apreciada pelos japoneses. As crianças adoram conhecer a história do nascimento de Jesus numa manjedoura porque só então travam contacto com a ideia do «berço», já que os bebés japoneses não dormem neles.
Índia
Os cristãos na Índia decoram as casas com pés de manga e bananeiras. Em certas partes da Índia, acendem-se pequenas lâmpadas de argila com óleo, o que dá um bonito efeito decorativo.
China
As casas são enfeitadas com lanternas e as árvores de Natal com correntes de flores de papel. Mas como a grande maioria dos chineses não é cristã, a maior celebração do Inverno é o Ano Novo Chinês, no fim de Janeiro. Nessa data as crianças recebem roupas e brinquedos e são servidos pratos especiais.
Estados Unidos da América
O Natal americano é uma festa de cor e brilho, que começa semanas antes, com a corrida às lojas para encontrar os presentes que mais prazer darão à família e aos amigos.
A decoração das ruas e das montras é, por si só, um espectáculo. As casas, enchem-se de lãmpadas coloridas, bonecos de neve, velas vermelhas e grinaldas feitas de plantas verdes. Na véspera de Natal os vizinhos reúnem-se para cantar “Christmas Carols” (canções de Natal), em espírito de confratenização natalícia. As crianças penduram meias na lareira e na manhã do dia 25 de Dezembro abrem os tão esperados presentes. O prato típico americano é o peru recheado, acompanhado de frutas tropicais.
Suécia
As festas de Natal começam no dia 6 de Dezembro, dia de São Nicolau. Nesse dias, as crianças escrevem as suas cartas com pedidos que São Nicolau troca por um saquinho de guloseimas ou nozes. Os presentes chegam no dia 25. na noite de Natal, a filha mais velha veste-se de branco, com uma faixa vermelha à cintura e uma grinalda de folhas verdes com sete velas acesas na cabeça. Leva cuidadosamente café e bolinhos ao quarto de cada membro da famílias.
Belém
Em Belém, cidade natal de Jesus, o Natal é comemorado por peregrinos e tribos da região, que se ajoelham na cripta da capela dos franciscanos para adorar, segundo a tradição, o berço onde Jesus terá nascido. Está guardado nessa igreja e só é montado na noite de 24 para 25 de Dezembro. Depois de terminar a missa, os franciscanos oferecem uma ceia aos peregrinos: pão preto acompanhado de vinho.

O Natal, continua a ser a Festa  da Família.
Beijinhos da vossa Pó de Estrela
Fonte: Seleções Reader´s Digest


5 comentários:

RETIRO do ÉDEN disse...

Querida Pó de Estrela.
Que bom voltar a senti-la por aqui.
Um Santo Natal com muita luz, e aceitação e saúde.
Fiquemos com Jesus, José e Maria.
Bjs.
Mer e família

Anónimo disse...

Olá, Pó de Estrela.

Do que posso testemunhar, o Natal sueco tem pouco a ver com a descrição que a Reader's Digest dá.

Aqui o Natal começa a sério com o primeiro domingo do advento que varia de ano para ano. O advento corresponde aos quatro domingos anteriores ao dia de Natal. No dia 1 de Dezembro começa o Calendário do Advento na TV, que toda a gente vê, todos os dias até ao Natal.

Depois dia 13 de Dezembro, é o dia de Santa Lúcia que vem prometer dias mais luminosos para breve, já que agora há pouca luz solar. Os meninos no infantário e na escola vestem-se de Santa (com as velas na cabeça, vestido branco, cinto vermelho...), de bonecos de bolacha de gengibre, de estrelas... Cantam músicas natalícias, comem bolos de açafrão em forma de S que se chamam Lussekatter ou Lussebullar, arroz cozido em leite com canela, bolachas de gengibre...

O Natal aqui é dia 24 à tarde. Passa um episódio do Pato Donald na TV que toda a família se junta a ver. Abrem-se os presentes e come-se e bebe-se como se faz em Portugal.

Por cá, pouca gente liga ao menino Jesus.

Multiolhares disse...

No fundo a verdadeira essência esta no que dizes no fim " o Natal,continua a ser a festa da família"
beijinhos

José Ramón disse...

Belas palavras para passar um dia muito feliz
Uma cordial saudação ...
Resumo textos e reflexão

Silenciosamente ouvindo... disse...

Foi um prazer conhecer este blogue.
Desejo um bom 2011.
Saudações